1 1
Hortifrutis devem seguir com queda nos preços

Por Alexandre Melo

Os consumidores assíduos de frutas, legumes e hortaliças devem ter notado que alguns produtos pararam a escalada nos preços vista nos meses anteriores. Como no inverno a maioria das pessoas consome menos esses itens, a tendência é que o quilo ou unidade desses alimentos fique em baixa até novembro, se não ocorrer geada.

Esse fator praticamente histórico colabora para queda na inflação. As duas exceções são o mamão papaya e a cebola, que ainda pressionam o IPC-S (Índice de Preços ao Consumidor Semanal), divulgado pela FGV (Fundação Getulio Vargas) ontem. A fruta passou de alta de 10,75% para 8,74%, enquanto o legume foi de 13,34% para 12,08%.

Para o economista da Ceagesp (Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais do Estado de São Paulo) Flávio Godas, "o mamão não deve subir mais, mas também não deve cair pelo menos por este mês, permanecendo em patamar elevado".

Já o cenário para a cebola vinda do Sul do País e da Argentina aponta para regularização nos preços, pois os atacadistas estão comprando de Minas Gerais, Pernambuco e interior de São Paulo.

Segundo o engenheiro agrônomo da Craisa (Companhia Regional de Abastecimento Integrado de Santo André) Fábio Vezzá De Benedetto, o clima frio favorece o cultivo de verduras e legumes. Na cesta básica de consumo, cujos preços são verificados semanalmente na região, entram ovos brancos, batata, cebola, tomate, alface, laranja e banana.

Na semana passada, o valor do quilo do tomate caiu 10,27%, assim como da alface (-3,05%) e do ovo (-1,31%). A laranja foi o alimento que apresentou maior alta, de 6%, seguido da batata, com 4%.

Benedetto afirma que a safra de mexerica ponkan deverá trazer para baixo o preço das frutas, inclusive as cítricas. "A partir de julho a banana também ficará mais barata, pois será época de férias escolares, quando os distribuidores vendem menos para as escolas, acirrando a competição no varejo."

Fonte: Diário do Grande ABC

 

Busca:
Dólar:
Euro:
Revista ABCSEM
Fone/Fax: (19) 3243 6472
abcsem@abcsem.com.br
Av. Papa Pio XII, 847 sala 22 - Jardim Chapadão
Campinas - SP - CEP 13070-091
Horário de Funcionamento:
Segunda à sexta das 8h às 17:30h
A ABCSEM
Agenda
Associados
Informações do Setor
Legislação
Serviços
Parceiros
Sala de Imprensa
Notícias
Publicações
Associe-se
Contato
© 2020 - ABCSEM - Associação Brasileira do Comércio de Sementes e Mudas - webdesign - CG Propaganda