1 1
Custo da lavoura do melão preocupa produtores do Rio Grande do Norte

Produtores de melão do Rio Grande do Norte estão preocupados com o aumento no custo da lavoura. Para piorar, a exportação para alguns países da Europa está deixando de ser um bom negócio.

O plantio da safra de melão deste ano já começou para poder atender o calendário dos compradores europeus. Mas o aumento no custo de produção tem preocupado os produtores.

“Nós estamos tendo um aumento real só em mão de obra, que é um fator muito importante dentro da produção, real de 5,5%. E isso também acarreta um custo maior. Além do aumento da energia em torno de 8,3% a 8,4%, que é um fator importante das fazendas. Sem falar dos insumos de uma maneira geral, como, por exemplo, sementes”, disse o agricultor Francisco Vieira.

No ano passado, foram exportadas 200 mil toneladas. Esse ano, a produção deve ser mantida. Mais de 16 mil empregos diretos são gerados atualmente. A Inglaterra é o principal cliente do melão produzido no Rio Grande do Norte.

Segundo a Cooperativa dos Fruticultores da Bacia Potiguar, este ano os produtores de melão do Rio Grande do Norte devem ter um aumento em torno de 12% no custo de produção, preço que não pode ser repassado, por exemplo,à Espanha, segundo maior cliente em volume de vendas e que atravessa uma enorme crise financeira.

“Além de os custos estarem subindo, a Europa não está conseguindo comprar o nosso produto por um preço justo. O preço lá fora, ao invés de aumentar, está baixando”, disse Ubiratan Carvalho, presidente da Coodap, Cooperativa de Desenvolvimento Industrial Potiguar.

As lavouras plantadas há pouco mais de um mês devem ser colhidas em agosto.

Acesse o link a seguir e confira a reportagem completa sobre o assunto:
http://video.globo.com/Videos/Player/Noticias/0,,GIM1286581-7823-CUSTO+DA+LAVOURA+DO+MELOO+PREOCUPA+PRODUTORES+DO+RIO+GRANDE+DO+NORTE,00.html

Fonte: Globo.com
 

Busca:
Dólar:
Euro:
Revista ABCSEM
Fone/Fax: (19) 3243 6472
abcsem@abcsem.com.br
Av. Papa Pio XII, 847 sala 22 - Jardim Chapadão
Campinas - SP - CEP 13070-091
Horário de Funcionamento:
Segunda à sexta das 8h às 17:30h
A ABCSEM
Agenda
Associados
Informações do Setor
Legislação
Serviços
Parceiros
Sala de Imprensa
Notícias
Publicações
Associe-se
Contato
© 2020 - ABCSEM - Associação Brasileira do Comércio de Sementes e Mudas - webdesign - CG Propaganda