1 1
Cebola: preço médio impulsiona safra mineira

Agricultores antecipam colheita nas áreas de maior produção

A produção mineira de cebola deve alcançar, em 2010, cerca de 140,0 mil toneladas, volume 27,16% maior que o da safra anterior. Esta projeção tem por base um levantamento realizado em junho pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Segundo a Superintendência de Política e Economia Agrícola (Spea) da Secretaria da Agricultura, a nova estimativa é 16,72% maior que a registrada em maio.

De acordo com o superintendente João Ricardo Albanez, a região do Alto Paranaíba responde por 69,33% da produção de cebola no Estado. “O cenário para a produção da olerícola é favorável, principalmente naquela região, porque os preços médios superiores aos de 2009 estimulam os agricultores”, ele informa. “Diante da expectativa de boas vendas, os produtores anteciparam o plantio e já iniciaram a colheita”, enfatiza.

Santa Juliana e Rio Paranaíba, municípios que lideram a produção de cebola em Minas, estão localizados no Alto Paranaíba e têm safra estimada de 40,0 mil toneladas e 27,9 mil toneladas, respectivamente. O terceiro colocado, com produção estimada de 24,0 mil toneladas de cebola, é o município de Manga, no Norte de Minas, região que responde por 18,06% da safra mineira de cebola. Também apresentam produção expressiva o Triângulo Mineiro e a Região Noroeste. O cultivo é menos intenso na região Central de Minas, no Sul e Zona da Mata, mas ajuda na composição da produção estadual.

Presença na Ceasa

De acordo com levantamento realizado pela CeasaMinas no período de janeiro a junho de 2010, predomina a comercialização da cebola amarela. Nos seis meses analisados foram comercializadas cerca de 3.500 toneladas da olerícola procedente das lavouras mineiras. Esse volume equivale a cerca de 15,0% do volume total do produto oferecido no entreposto no período analisado, e nesse caso está incluída a cebola procedente de outros Estados e países. A cifra movimentada no semestre foi da ordem de R$ 5,7 milhões, com o preço médio do produto alcançando seu nível mais alto (R$ 1,94 o quilo) em maio.

Já o volume de cebola roxa comercializado no entreposto foi da ordem de 80,0 toneladas e o valor registrado alcançou R$ 142,0 mil. O município de Ibirité, localizado na Região Metropolitana de Belo Horizonte, foi o único fornecedor mineiro desse tipo de olerícola à Ceasa de Contagem.

A unidade da CeasaMinas em Uberlândia também registrou uma comercialização expressiva de cebola, mas no caso desse entreposto o estudo alcança a entrada do produto apenas no período de janeiro a maio. No acumulado dos cinco meses, os produtores mineiros responderam pela colocação de 405,0 toneladas da olerícola naquela Ceasa. O valor registrado pela comercialização do produto foi de R$ 647,0 mil e o preço médio variou de R$ 1,39 a R$ 2,08 o quilo no período analisado. As informações são de assessoria de imprensa.

Fonte: Agrolink

 
 

Busca:
Dólar:
Euro:
Revista ABCSEM
Fone/Fax: (19) 3243 6472
abcsem@abcsem.com.br
Av. Papa Pio XII, 847 sala 22 - Jardim Chapadão
Campinas - SP - CEP 13070-091
Horário de Funcionamento:
Segunda à sexta das 8h às 17:30h
A ABCSEM
Agenda
Associados
Informações do Setor
Legislação
Serviços
Parceiros
Sala de Imprensa
Notícias
Publicações
Associe-se
Contato
© 2020 - ABCSEM - Associação Brasileira do Comércio de Sementes e Mudas - webdesign - CG Propaganda