1 1
Alta oferta de hortaliças faz preços caírem no interior paulista

Produtores vendem as verduras por menos da metade do preço ideal

Por Kellen Severo

A alta oferta de hortaliças no interior de São Paulo tem feito os preços despencarem. O produtor rural está vendendo as verduras por menos da metade do preço considerado ideal. Mas, pior do que isso, há casos de perda na produção por falta de mercado consumidor.

O clima ajudou e a plantação rendeu. Vários produtores tiveram boa colheita. O resultado: explosão de verduras e hortaliças no mercado. No sítio de Sérvolo da Silva, o repolho foi um dos itens que mais desvalorizou. A caixa com 12 unidades é vendida por R$ 3. Para ele, o preço bom é o dobro disso. Mas a perda maior ocorreu mesmo, com outro vegetal.

O produtor terá que descartar mais de 100 caixas de brócolis, que poderiam ser comercializadas, mas sobraram. A grande oferta do produto e a queda nos preços geraram perdas aos produtores da região.

Em 30 anos de profissão, é a primeira vez que o agricultor vive uma situação como esta.

– Eu nunca imaginava isso. Porque a gente sempre planta e consegue vender. Mas este ano foi mais difícil – disse Silva.

O produtor Cláudio Godinho vive problema semelhante. Uma caixa de 10 quilos de pimentão é vendida a R$ 4. O valor ideal para ele seria R$ 10. Com o tomate, a situação é parecida. O mercado paga R$ 10 por uma caixa dessas. O preço bom para o produtor, nesse caso, passa dos R$ 20.

– Se não fosse a mão-de-obra familiar, eu não teria a mínima condição de continuar na roça – afirma Godinho.

O pesquisador do Instituto de Economia Agrícola José Sidiney Gonçalves explica os motivos para a queda nos preços:

– Em anos que você tem problemas climáticos e depois tudo corre bem como tem sido neste segundo semestre você teve um aumento brutal na condição em um período muito concentrado isto leva os preços a ir lá para baixo.

É, mas o tempo de preços baixos parece já estar com os dias contados, como reforça Gonçalves:

– Logo em seguida, quando passar o excesso de oferta, que com produto perecível se dá muito rapidamente, nós vamos ter uma explosão de preços. Previsão? Final do ano ou janeiro teremos preços melhores para produtos como hortaliças e verduras de maneira geral.

– A esperança é a última que morre – afirma Godinho.


Fonte: Canal Rural
 

Busca:
Dólar:
Euro:
Revista ABCSEM
Fone/Fax: (19) 3243 6472
abcsem@abcsem.com.br
Av. Papa Pio XII, 847 sala 22 - Jardim Chapadão
Campinas - SP - CEP 13070-091
Horário de Funcionamento:
Segunda à sexta das 8h às 17:30h
A ABCSEM
Agenda
Associados
Informações do Setor
Legislação
Serviços
Parceiros
Sala de Imprensa
Notícias
Publicações
Associe-se
Contato
© 2020 - ABCSEM - Associação Brasileira do Comércio de Sementes e Mudas - webdesign - CG Propaganda