1 1
Tomate sobe mais de 70% e encarece cesta básica em Vitória
08/02 
Em janeiro, o tomate teve um reajuste de 72,34%. Já a cesta básica na Grande Vitória teve um aumento de 3,41%, em relação ao mês anterior. Nos últimos 12 meses, a variação foi de 15,22%. Os dados foram divulgados nesta segunda-feira (07) pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese).

O valor da cesta de alimentos na Região Metropolitana fechou o mês custando R$ 250,26, o sexto maior entre as capitais brasileiras. São Paulo tem a cesta básica mais cara do país: R$ 261,25. A mais barata é a de Aracaju R$ 182,76.

Os produtos que sofreram maior reajuste na Grande Vitória foram o tomate (72,34%), a batata (31,25%) e a manteiga (7,34%). Os itens com maior queda foram o feijão (6,33%) a carne (4,43%), e o arroz (4,17%). Já a farinha de trigo permaneceu com seu preço estável.

O gasto com a compra da cesta básica da Grande Vitória representou, em janeiro, mais da metade do salário mínimo (50,37%), que é de R$ 496,80. Com isso, o tempo médio de trabalho necessário para se comprar a cesta básica seria de 101 horas e 57 minutos. De acordo com o Dieese, o salário mínimo ideal para se comprar a cesta de alimentos no mês seria de R$ 2.194,76.

Fonte: ES Hoje
 
Busca:
Revista ABCSEM
Fone/Fax: (19) 3243 6472
abcsem@abcsem.com.br
Av. Papa Pio XII, 847 sala 22 - Jardim Chapadão
Campinas - SP - CEP 13070-091
Horário de Funcionamento:
Segunda à sexta das 8h às 17:30h
A ABCSEM
Agenda
Associados
Informações do Setor
Legislação
Serviços
Parceiros
Sala de Imprensa
Notícias
Publicações
Associe-se
Contato
© 2021 - ABCSEM - Associação Brasileira do Comércio de Sementes e Mudas - webdesign - CG Propaganda