1 1
Prefeitura de Holambra e ABCSEM firmam parceria para implantação de Polo Tecnológico de Sementes


O acordo, assinado durante a Hortitec 2013, tornará a região de Holambra (SP) referência no segmento sementeiro

“Hoje damos início ao primeiro passo para que Holambra possa ser reconhecida, oficialmente, como um Polo Tecnológico de horticultura, cultivo protegido e culturas intensivas”, disse o prefeito de Holambra, Fernando Fiori, em discurso proferido durante a cerimônia de assinatura do acordo entre a Prefeitura de Holambra e a ABCSEM, estabelecido para a implantação e desenvolvimento em conjunto de um Polo Tecnológico destinado à pesquisa de sementes, a ser instalado no município.

A parceria foi firmada durante a 20ª edição da Hortitec, a maior Feira de Horticultura da America Latina, que anualmente atrai milhares de visitantes em busca das novidades e tendências de mercado. Além do prefeito, assinaram o Termo de Cooperação Técnica o presidente da Câmara de Vereadores de Holambra, Petrus Bartholomeus Weel, o presidente da ABCSEM, Luis Eduardo Rodrigues, e Marcelo Pacotte, secretário executivo da entidade.

A cooperação se dará por meio do intercâmbio de conhecimentos, experiências e informações técnicas e científicas; realização de cursos, programas e eventos de interesse comum às partes; estruturação de ações que visem o desenvolvimento conjunto de projetos e programas relacionados ao Ensino, Pesquisa e Desenvolvimento Tecnológico do segmento.

Investimentos e ações conjuntas em prol da cadeia produtiva

O presidente da ABCSEM, Luis Eduardo Rodrigues, enfatizou, durante a cerimônia, a relevância do investimento em pesquisa e inovação no setor, que se refletirá em toda a cadeia produtiva, sobretudo na região. Destacou ainda a disposição da entidade em contribuir com a expertise tecnológica e institucional reunida ao longo de mais de 43 anos de atuação a frente do segmento HFO – Hortaliças, Flores e Ornamentais. “A cadeia que representamos emprega mais de 2,5 milhões de pessoas em 100% dos estados e municípios brasileiros; geramos um montante estimado em mais de 20 milhões de reais (valor de atacado). Por isso, é fundamental fomentarmos a pesquisa e o desenvolvimento nesta área, que possui potencial para crescer ainda mais”, argumentou Rodrigues.

Bartholomeus Weel exaltou a parceria “com uma entidade de prestígio como a ABCSEM”, afirmando ter a certeza do sucesso do Polo Tecnológico e de seus impactos positivos para  toda a região. Marcelo Pacotte salientou também que “é uma honra para a ABCSEM firmar este acordo com a Prefeitura de Holambra, que deposita sua confiança neste trabalho dedicado ao agronegócio a frente de segmentos de grande importância para a cadeia nacional”.

De acordo com o prefeito, Fernando Fiori, o poder público municipal decidiu firmar esta importante parceria com a ABCSEM para implantação do Polo, por enxergar o grande potencial econômico e tecnológico do setor na cidade. Por isso, também pretende adotar políticas de incentivo fiscal para atrair novas empresas ligadas à área para a região. 

Na ocasião, também estiveram presentes autoridades políticas locais, além de  membros de órgãos e empresas ligados à agricultura, como a Ricardo Ribeiro, chefe da Unidade Técnica Regional de Agropecuária (Ultra) de Campinas, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA). “Para nossa região esta iniciativa é muito boa e quanto mais parcerias forem feitas nesta área, mais a cadeia se fortalecerá”, acredita. Para Ribeiro, o investimento na pesquisa e no aprimoramento genético da semente beneficiará a todos os envolvidos, sobretudo o agricultor, pois trará melhores resultados, com altos índices de produtividade e qualidade do produto final.

Durante a Hortitec, o estande da ABCSEM também recebeu a visita da secretária de Agricultura e Abastecimento de São Paulo, Mônika Bergamaschi, e do deputado federal, Junji Abe (PSD-SP), que puderam conhecer de perto um pouco mais do trabalho desenvolvido pela entidade há mais de 40 anos.



Vislumbrando novas parcerias: do Brasil à África


A tecnologia, a diversidade e a fartura de produtos hortícolas, bem como a beleza e tipos inovadores de flores e plantas ornamentais, conquistaram a admiração do Cônsul da Costa do Marfim, Tibe-bi Gole Blaise, do Consulado Honorário de São Paulo. Em visita à Hortitec pela primeira vez, o cônsul revelou: “sempre soube da competência do Brasil na produção de alimentos, principalmente grãos, mas sobre a produção de hortaliças e de flores, pude conhecer aqui, na Hortitec”. 

A economia da Costa do Marfim é baseada principalmente no cultivo de cacau, óleo de palma e algodão, mas sua agricultura ainda demanda muitos investimentos em tecnologias de cultivo, além de maquinários, insumos e defensivos agrícolas. “O avanço tecnológico é muito bom, sem tecnologia não há como sustentar o mundo. O Brasil é referência mundial em agricultura, pela Embrapa, e temos total interesse em levar a tecnologia brasileira também para a Costa do Marfim, considerando que ela já está presente em alguns outros países africanos”, afirma o Consul Tibe-bi Gole Blaise.

O secretário executivo da ABCSEM, Marcelo Pacotte, destacou que a África representa uma enorme oportunidade para o agronegócio brasileiro, uma vez que apresenta demandas de conhecimento, produtos e tecnologias nos quais o Brasil é referência. Neste sentido, a ABCSEM manterá relacionamento com o Consulado da Costa do Marfim, com a finalidade de mobilizar ações e parcerias futuras.

 

 


Busca:
Dólar:
Euro:
Revista ABCSEM
Fone/Fax: (19) 3243 6472
abcsem@abcsem.com.br
Av. Papa Pio XII, 847 sala 22 - Jardim Chapadão
Campinas - SP - CEP 13070-091
Horário de Funcionamento:
Segunda à sexta das 8h às 17:30h
A ABCSEM
Agenda
Associados
Informações do Setor
Legislação
Serviços
Parceiros
Sala de Imprensa
Notícias
Publicações
Associe-se
Contato
© 2020 - ABCSEM - Associação Brasileira do Comércio de Sementes e Mudas - webdesign - CG Propaganda